Vou alertar você !

Logo facebook compartilha Logo twitter

Por Negro F

Há você!

Algo impossível tinha que acontecer

e que nem os big datas podiam prever

Melhor ficar em casa ou vai adoecer

É o que temos hoje a fazer

E tem muita gente que ainda não crê

Diz que isso aí é blablablá de mídia privê

Vamos todos contrair e poucos vão sobreviver para vê

Um País onde é cultural muita gente morrer

O governo diz que não tem nada há fazer

Somos + 40 mil mortos da “gripezinha” e aê

Eu vou alertar você:

Que nem o sabão de barra ou álcool 100%

Vai te livrar do vírus da ignorância neste momento

Inominável fez o pior pronunciamento

E você bate palma e panelas, só  lamento.

O capitão recomenda cloroquina, para quem?

E quer arma na mão do cidadão de bem

Carreata no planalto em defesa do progresso

Palavras de ordem propondo retrocesso

Quem trabalho ao povo, para servir o burguesia

Querem fechar o judiciário e congresso, mas defende a milícia

A média classe A quer voltar a vender e consumir

Exige ordem para gerar desordem e mortes aos daqui

Não vejo panelaço com o dólar BR à mais cinco

Quantas vidas vale perder por isso?

Oi ouviu, o coronavírus tá por todo lugar

Só falta mesmo a terra parar de girar

Foi dado um stop para sua alta velocidade

Só por um momento pare, para respirar de verdade

Muitos perderam a noção tempo : qual é mesmo o time?

Trocaram suas vidas por dinheiro, vários likes

“Eita mundão loko bom de acabar”

Que horas mesmo vai parar para pensar?

Precisamos dos velhos e das crianças cuidar

Que da forma que vivíamos, nada vai voltar

Lembra aquele mundo pautado por bitcoins e dólar

O coronavírus e sussurrou aos números, calma!

Agora só se fala nas internet de novo normal

Aonde? seguimos com sendo violentos e desigual

Live de live, debates, vende-se à solução

Das 18h disputando seu like, sua atenção

Decretado sair só com proteção

Olha que tem de 5 conto ou de 200tão

Parece até filme de televisão

Se todo mundo fala, fala, fala, quem ouvirão?

Da ponte para de cá somos alvo dos perigos

Morrer 80 balas achada ou vírus perdido

Em paraisópolis, Alemão,  todos dia é isso

Tiro, fome, descaso, um corpo preto caído

Paga logo o benefício direito do trabalhador

Que construiu esta País com sangue e suor

Tome cuidado para ficar ou sair, meu senhô

Uma pá de gente ainda trampando aqui e ali, por favor

Médicos, atendentes, motorista e gari

100 mil vão cair não terá espaço no CTI

Papai pede hambúrguer no app agora

Mamãe vai busca a cesta, que hora?

No seu privilégio enquadra no cep

Uma casa boa, água encanada e internet

Onde ainda tem gente usando fossa

E você internet falando bosta

Meritocracia, privilégio, capitalismo te fode

Trabalhar em casa, pic home office

Abrir um laptop pra estudar pro ENEM

Para quem falta comida, e nem lápis e caderno tem

Acesse seu 4G, onde o saneamento não chega não

Onde só somos números para comprar, para sua eleição

Qual dosagem de cloroquina, você quer?

“O que será, que será” responda se vivo estiver

Poemas de Negro F, morador do conjunto Alto Vera Cruz. Coletivo DTS

Instagram: https://www.instagram.com/frednegrof/tagged/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


quantidade de comentarios 356 0
data publicacao 356 15 de junho de 2020
categoria 356 Ações